Vettel faz a pole na Alemanha em dia de quebra para Hamilton. Bottas é o 2º e Kimi o 3º

Em uma maré altamente positiva. Num sábado com vários motivos para comemorar, Sebastian Vettel terá no próximo domingo a chance para se consolidar de vez na luta pelo titulo da temporada. Contando com a quebra de Lewis Hamilton, e com uma volta fantástica no final, o alemão da Ferrari cravou a pole position e vai largar na frente no Grande Premio da Alemanha.

Hamilton tem problema hidráulico e abandona Q1

Com diversas surpresas, a primeira parte do treino que costumeiramente elimina os cinco carros mais lentos do grid, neste sábado contou com um sexto e importante abandono. Na tentativa de melhorar o seu tempo de volta, a Mercedes de Lewis Hamilton, faltando pouco mais de dez minutos para o final do Q1, acabou escapando da pista na curva 1. Mas o que parecia uma simples escapada de pista, acabou gerando sérios danos na flecha de prata do britânico, que viu o seu carro perder potencia após reduzir a velocidade. Nisso, Hamilton foi alertado pelo radio para que parasse o seu carro ainda na pista. Visivelmente desesperado com a situação, Hamilton ainda tentou em vão empurrar o seu carro na pista com a ajuda dos fiscais, que levaram o carro do britânico para um ponto seguro e fora da pista, onde a imagem era de um Hamilton desolado ao lado do carro. Na pista Kimi Raikkonen foi o mais rápido do Q1, seguido por Vettel, uma clara amostra da superioridade da Ferrari, que neste final de semana corre na casa da Mercedes. Entre os eliminados na primeira parte do treino destaque negativo para Esteban Ocon da Force India que teve um Q1 para esquecer, e ficou apenas em 16º.

Eliminados no Q1

16º ESTEBAN OCON (FORCE INDIA)

17º PIERRE GASLY (STR)

18º BRENDON HARTLEY (STR)

19º LANCE STROLL (WILLIAMS)

20º STOFFEL VANDOORNE (McLAREN)

Q2 sem Hamilton e Ricciardo, abre espaço para outros carros avançarem ao Q3

Sem a presença de Hamilton que acabou abandonando o Q1, a Red Bull também teve um carro a menos na segunda parte do treino com a saída de Daniel Ricciardo, que teve de trocar componentes da sua RBR e assim vai largar em ultimo no grid para o domingo. Com dois carros a menos na disputa, as outras equipes que costumeiramente não frequentam o Q3 ganharam destaque na disputa pelas dez vagas para a parte final do treino. Neste momento, destaque para os carros da Haas, que vem em uma temporada consistente dentro das possibilidades da equipe, e que neste sábado colocou seus dois carros no Q3. Outro que confirmou a grande fase foi o monegasco Charles Leclerc, que mais uma vez confirmou presença no Q3. Na frente Valtteri Bottas seguido por Max Verstappen fizeram os dois melhores tempos da sessão.

Eliminados no Q2

11º FERNANDO ALONSO (McLAREN)

12º SERGEY SIROTKIN (WILLIAMS)

13º MARCUS ERICSSON (SAUBER)

14º LEWIS HAMILTON (MERCEDES)

15º DANIEL RICCIARDO (RBR)

Em disputa acirrada, Vettel supera Bottas e faz a pole para o GP da Alemanha

Para quem achava que Sebastian Vettel teria vida fácil após o abandono de Hamilton no treino classificatório, acabou se enganando. Em uma disputa polarizada entre os carros de Mercedes e Ferrari, o Q3 marcou o equilíbrio entre as duas equipes que hoje dominam o cenário da Formula 1 atual, onde em mais um treino classificatório da temporada a disputa foi intensa.

Desta forma o Q3 acabou se decidindo com o cronometro zerado, com Valtteri Bottas por muito pouco não estragou a festa de Sebastian Vettel, com o tempo de 1m11s416, que surpreendeu até quem acompanhava nos boxes da Mercedes. Mas o que o finlandês da Mercedes não contava era que logo atrás Vettel vinha detonando todas as parciais de volta de Bottas, e cruzou com o tempo da 1m11s212, fazendo assim a pole position para a alegria do publico local que vibrou muito com a pole de Vettel, que larga na frente correndo em casa neste domingo e com boas chances de disparar na ponta do campeonato.

Esta é a pole position de numero 55 na carreira de Vettel, que se vencer neste domingo supera o recorde de 51 vitórias de Alain Prost e se tornará o terceiro piloto na historia da Fórmula 1 em numero de vitórias na carreira, ficando atrás de Lewis Hamilton com 65 triunfos e Michael Schumacher com 91 vitórias. O Grande Premio da Alemanha acontece neste domingo e a largada para as 70 voltas dos 4.574km do circuito de Hockenheim está marcada para as 10h10minh pelo horário de Brasília.

Confira abaixo o grid de largada para o GP da Alemanha:

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *