Vettel supera Verstappen e crava a pole em Cingapura. Hamilton é 5º e Massa é 17º

Em uma sessão de treino classificatória onde a Mercedes não deu as cartas, emoção foi o que não faltou em um duelo entre os carros de Red Bull e Ferrari, nas ruas de Cingapura. Nisso, melhor para o tetracampeão Sebastian Vettel que superou Max Verstappen e vai largar na frente no Grande Premio de Cingapura.

Q1 elimina carros de Williams e Sauber

Querendo se garantir, e também se livrar do trafego intenso do Circuito de Marina Bay, a primeira parte do treino começou com os carros da Ferrari sendo os primeiros a irem à pista para marcar tempos de volta, com Kimi Raikkonen à frente. A confiança na performance do carro por parte da Ferrari foi tanta, que a escuderia italiana se deu ao luxo de não forçar seu equipamento na primeira parte do treino, tanto que chamou a atenção ao final da sessão o 11º lugar para Kimi e o 12º lugar para Vettel, enquanto seus rivais tradicionais dentro do grid ocupavam as primeiras posições. Nisso a Red Bull de Max Verstappen ficou com a melhor marca do Q1 ao anotar 1m42s040, seguido de Ricciardo em segundo. No fundo do grid, chamou a atenção o desempenho ruim da Williams, que sofreu na noite de sábado em Cingapura. Com inúmeras dificuldades de performance, que já era esperado pela escuderia britânica, o piloto brasileiro Felipe Massa, amargou uma 17ª posição, que por pouco não acabou sendo uma ultima posição dentro do grid. Tudo porque o brasileiro ainda na primeira tentativa de volta rápida acabou tocando no muro e danificando uma parte da suspensão traseira direita da sua Williams, a poucos minutos do fim da sessão. Mesmo assim, a equipe britânica conseguiu resolver o problema no carro de Felipe a tempo de retornar a pista e tentar uma vaga no Q2, o que não aconteceu. Por fim, Massa teve que se contentar com um 17º lugar em uma corrida que promete ser de muitas dificuldades no domingo.

Ferrari mostra evolução no Q2 que teve destaque para McLaren

A segunda parte do treino classificatório teve novamente domínio amplo dos carros da Red Bull e novamente com Max Verstappen na frente, seguido por Ricciardo. A Ferrari por sua vez, resolveu mostrar serviço e ficou na terceira e quarta posição com Raikkonen e Vettel, apenas um décimo atrás dos carros da RBR. O destaque positivo do Q2 foi a performance dos carros da McLaren, que favorecidos pelas características de circuito Marina Bay, que tem em sua maioria curvas de baixa velocidade, que facilita o desempenho de carros com um bom chassi, tem feito a diferença para escuderia britânica, que até o momento tem um final de semana positivo se comparar ao restante da temporada. Nisso, o Q2 reservou um bom desempenho de Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso, que avançaram para a ultima parte do treino, deixando os carros da Force India de fora.

Vettel surpreende Verstappen e crava a pole em Cingapura

Atuando como protagonista durante todo o final de semana até o momento, a ultima parte do treino colocava a Red Bull como franca favorita a formar a primeira fila no circuito de Marina Bay, contra uma Ferrari que até o momento escondia o jogo em relação as rivais. Com isso, o Q3 começa com Verstappen novamente a frente, mas não por muito tempo, uma vez que na sequencia Vettel tomou a liderança com o tempo de 1m39s669, fato que até então não havia acontecido dado o amplo domínio dos carros da Red Bull.

Após a primeira tentativa de volta rápida, os carros retornaram aos boxes para a troca por compostos de pneus novos. Nisso, os carros retornaram a pista nos minutos finais para a ultima tentativa de melhorar os tempos de volta, onde Max Verstappen não conseguiu melhorar seu tempo, e Sebastian Vettel, mostrando que a Ferrari estava escondendo o jogo, ainda conseguiu baixar seu tempo, e com uma volta fantástica, cravou o tempo de 1m39s491, confirmou a sua 49ª pole position na carreira, a quarta em Cingapura. Vettel que é o maior vencedor em Cingapura, com quatro vitorias. O Grande Premio de Cingapura acontece neste domingo, e a largada para as 61 voltas nos 5.065km do Circuito de Marina Bay, na corrida que marca a 14ª etapa da temporada, está marcada para as 9h pelo horário de Brasília.

Confira abaixo o grid completo para o GP de Cingapura:

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *