De ponta a ponta, Bottas segura Vettel e vence GP da Áustria. Hamilton é 4º e Massa o 9º

Assim como tem sido em boa parte das corridas do ano até aqui, o Grande Premio da Áustria neste domingo também seguiu o script das boas disputas ao longo de nove provas já disputadas este ano. Em mais um final de prova de tirar o fôlego, o finlandês Valtteri Bottas confirmou a boa fase, segurou Sebastian Vettel e venceu o GP da Áustria na manhã deste domingo.

Largada tem incidente na primeira curva envolvendo Kvyat, Alonso e Verstappen

No momento mais tenso do final de semana em Spielberg, a largada foi cercada de expectativas sobre qual seria a reação de Sebastian Vettel sobre Valtteri Bottas, onde se esperava um ataque de Vettel sobre o finlandês da Mercedes, o que acabou não acontecendo. Bottas, que acabou tracionando seu carro muito melhor que Vettel, pulou na frente sem sustos, e Vettel teve que se conter, para não ser surpreendido pela Red Bull de Daniel Ricciardo, e a Ferrari de Kimi Raikkonen, e assim manteve a segunda posição. Mais atrás, Lewis Hamilton teve de se desdobrar para contar os avanços dos dois carros da Force India de Sergio Perez e Esteban Ocon, que partiram com tudo para cima do tricampeão, logo na primeira curva. No meio do pelotão, um incidente na primeira curva, abreviou as participações de Fernando Alonso e Max Verstappen na prova, ao serem abalroados pela Toro Roso de Daniil Kvyat, que errou o ponto de freada e assim acabou acertando a McLaren de Alonso, que por tabela acabou acertando a RBR de Verstappen. Os três pilotos conseguiram retornar aos boxes, mas Alonso e Max tiveram de abandonar a prova por conta de avarias em seus carros, que impediam de seguir adiante na corrida.

Bottas dispara na ponta nas voltas iniciais

Imprimindo um ritmo fortíssimo nas voltas iniciais da prova, Valtteri Bottas, não deu chances a Vettel de tentar se aproximar nas primeiras voltas da corrida. Antes mesmo do 10º giro de corrida, a vantagem beirava os 7s, o que dava mostras de o quanto bem acertada estava a Mercedes do finlandês. Vettel por sua vez, também abria vantagem sobre Ricciardo que havia tomado a terceira posição de Raikkonen.

Com problemas, Nico Hulkenberg é o primeiro a abrir janela de pit stops

Com problemas com a sua Renault, Nico Hulkenberg foi o primeiro piloto a ir aos boxes antes mesmo da 20ª volta da prova. Em uma corrida que a estratégia da maioria dos pilotos contemplava apenas uma parada nos boxes, Nico optou por colocar os pneus macios, e assim seguiu até o final da prova.

‘Preso’ atrás de Raikkonen, Hamilton muda estratégia e supera finlandês da Ferrari

Sem conseguir se aproximar de Kimi Raikkonen, o britânico Lewis Hamilton inverteu sua estratégia de boxes e antecipou sua ida aos pits, pouco antes da metade da corrida. Retornando a pista com pneus ultramacios, o britânico fez uma sequencia de voltas rápidas, o que alertou os demais pilotos, que rapidamente foram aos pits, para não correr o risco de serem superados por Hamilton, como foi os casos de Ricciardo e Vettel.

Domingo com saldo positivo para Felipe Massa

Após ficar pelo caminho em Baku, o domingo em Spielberg acabou sendo positivo para Felipe Massa. Se aproveitando da confusão que envolveu Kvyat, Alonso e Verstappen na primeira curva, Massa saltou da 17ª posição de largada, para a 10ª posição na primeira curva. A partir disso, o piloto brasileiro fez uma corrida conservadora, onde ele optou por largar com pneus macios, e assim ficou na pista até a 47ª volta, quando fez a sua única parada nos boxes. Nisso, ao retornar a pista com pneus ultramacios, Massa protagonizou um bom duelo com a Force India de Esteban Ocon pela 8ª posição até os metros finais, com o piloto francês chegando à frente do brasileiro. Para o próximo final de semana, tanto Massa, quanto a Williams esperam um melhor desempenho correndo em casa, em Silverstone.

Destaque da corrida vai para Daniel Ricciardo

Quem deixou a Áustria com todos os motivos para sorrir, foi o piloto australiano da Red Bull, Daniel Ricciardo. Em uma corrida de aproveitar as oportunidades, Ricciardo confirmou a boa fase com uma performance impecável, com direito a uma bela defesa de posição nas voltas finais, quando foi pressionado pela Mercedes de Lewis Hamilton. Como prêmio, o australiano chegou ao seu quinto pódio seguido na temporada, na pista que é a casa da Red Bull. Lembrando que Ricciardo é o único piloto na atual temporada que conseguiu quebrar o domínio de Ferrari e Mercedes, após vencer o GP do Azerbaijão.

Hamilton ‘salva’ pontos, mas deixa a Áustria com 20 pontos de desvantagem em relação à Vettel

Outro destaque positivo da prova, o britânico Lewis Hamilton, fez o que foi possível para minimizar os prejuízo em relação à Sebastian Vettel na luta pelo título da temporada. Largando na oitava posição, o britânico fez uma boa corrida de recuperação, e por muito pouco não foi ao pódio neste domingo, após pressionar Daniel Ricciardo até os metros finais. Por fim, um quarto lugar em Spielberg acabou sendo o menor dos prejuízos para Hamilton, que deixa a Áustria com 20 pontos de desvantagem em relação à Vettel, com 171 pontos para o alemão, contra 151 do britânico.

Bottas segura pressão de Vettel no fim, e vence o GP da Áustria

Impecável desde o sábado, o domingo acabou sendo uma continuação do excelente trabalho que o finlandês Valtteri Bottas fez ao longo do final de semana. Sem ser ameaçado durante boa parte da prova, as voltas finais da corrida acabaram gerando uma emoção extra na corrida, por conta do desgaste dos pneus, onde a maioria dos carros sofreu com bolhas nos compostos de pneus usados durante a corrida. Nisso, uma rápida aproximação de Vettel sobre Bottas, gerou uma dose extra de emoção nas duas ultimas voltas da corrida, onde também mais atrás, Hamilton pressionava Ricciardo por um lugar no pódio.  Ao final, Bottas conseguiu segurar a pressão de Vettel e cruzou a linha de chegada apenas 0.6s a frente do alemão e assim marcou a sua segunda vitória na temporada, e a segunda na carreira de Valtteri Bottas. Com o triunfo neste domingo, o finlandês também entra na luta pelo título da temporada. Com 136 pontos, Bottas está a 15 pontos atrás de Hamilton, com mais dez corridas a serem disputadas no ano.

A Fórmula 1, que já faz as malas, e segue para a Inglaterra, onde no próximo final de semana retorna no lendário circuito de Silverstone, para o Grande Premio da Inglaterra, na corrida que vai marcar a metade da temporada. A largada para as 52 voltas nos 5.891km da décima corrida do ano está marcada para as 9h, pelo horário de Brasília.

Confira abaixo o resultado final do GP da Áustria:

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *