Palco dos testes de pré-temporada, F1 retorna a Espanha neste final de semana para quinta corrida do ano

Local escolhido para ser o palco dos testes de pré-temporada, o Circuito de Barcelona funciona como uma espécie de quartel-general das equipes e pilotos antes do inicio da temporada da Fórmula 1. Em um traçado que é conhecido pela maioria dos pilotos, dada a quantidade de voltas que percorrem durante os testes de inverno, a maior categoria do automobilismo mundial retorna ao traçado espanhol, para a quinta etapa da temporada em uma corrida que promete mais um duelo entre os carros da Mercedes e Ferrari.

Vettel tenta disparar na ponta do campeonato

Mesmo após o segundo lugar no Grande Premio da Rússia há duas semanas em Sochi, Sebastian Vettel conseguiu abrir uma vantagem de 13 pontos sobre Hamilton na luta pelo campeonato. Para este final de semana, a Ferrari aposta no bom desempenho das ultimas corridas da temporada aliado ao conhecimento que tem do Circuito de Barcelona, tendo como base o que apresentou nos testes de pré-temporada. No domingo, uma vitória de Vettel pode ter efeitos devastadores para Hamilton que terá que mostrar reação neste final de semana.

grid_russia

Após baixo desempenho na Rússia, Hamilton quer reagir neste final de semana

Com um desempenho muito abaixo no GP da Rússia, o britânico Lewis Hamilton chega a Espanha pressionado por um bom resultado, após ver seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas, vencer uma corrida em que ele Hamilton, ficou de fora do pódio. De quebra, o britânico ainda viu seu principal rival na luta pelo titulo, Sebastian Vettel, abrir 13 pontos de vantagem na disputa pelo campeonato. Para este final de semana, uma das apostas de Hamilton e também da Mercedes, são nas atualizações aerodinâmicas preparadas para o circuito espanhol, e que podem ser a chave para surpreender a Ferrari em Barcelona.

hamilton_russia

Bottas chega a Espanha com moral elevado após vencer na Rússia

Depois de vencer a primeira corrida na Fórmula 1 no Grande Premio da Rússia, o finlandês Valtteri Bottas chega a Espanha com moral elevado dentro da Mercedes. Em um momento em que se esperava um tempo maior para adaptação de Bottas ao carro da escuderia alemã, o finlandês já mostrou que pode trazer resultados bons resultados, e ser um páreo duro frente aos carros da Ferrari que já mostraram a sua força nas primeiras quatro corridas do ano.

bottas_russia1

Um ano após a primeira e única vitoria na carreira, Max Verstappen quer mais

Há exato um ano atrás, um garoto prodígio Max Verstappen chocou o mundo do esporte ao ser o piloto mais jovem a vencer uma corrida de Fórmula 1. Na ocasião, o GP da Espanha marcou a estreia de Max na Red Bull, após uma troca polemica que rebaixou o russo Daniil Kvyat para Toro Roso, e promoveu Max para a RBR, em uma troca que nem o torcedor mais otimista da Red Bull imaginaria que daria tão certo, como fora na ocasião. Em uma corrida que os carros da Mercedes de Hamilton e Rosberg se chocaram na primeira volta da prova, Max não sentiu o peso da estreia em uma escuderia de ponta, e dominou o ímpeto de Daniel Ricciardo até a metade da prova, e nas voltas finais segurou Kimi Raikkonen, para cruzar a linha de chegada e assim fazer história. Passado um ano após o feito de Max, o jovem holandês, já colecionou pódios e boas performances que o credenciam em um futuro próximo como uma nova estrela dentro da Fórmula 1.

max_espanha

Final de semana para Felipe Massa buscar pontos

Com três sextos lugares na temporada atual, Felipe Massa tentará neste final de semana na Espanha buscar mais pontos para ele Massa, e para Williams, que tem no momento atual o seu ‘limite’ a sexta e sétima posição. Para tentar subir um pouco mais no grid, a Williams aposta no novo pacote de atualizações aerodinâmicas em seus carros, que já foi testado na Rússia, e que é a esperança para impulsionar a escuderia britânica para um pouco mais perto dos carros da Red Bull, que é o seu ‘alvo’ no momento. Em suma, estas atualizações contam com um redesenho da asa dianteira do bólido de Massa, que promete direcionar o fluxo de ar para baixo, em um desenho muito parecido com o modelo de asa dianteira dos carros da Mercedes. Mudanças na asa traseira do carro de Felipe também foram feitas, também nos moldes dos carros da Mercedes com novas ranhuras e mini aletas na parte externa lateral que enviam o ar para a parte de fora da traseira do carro.

massa_russia

Surpresas do meio do pelotão de carros podem acontecer

O Grande Premio da Espanha é uma parte do calendário da temporada em que as equipes geralmente preparam atualizações em seus carros. Equipes como Ferrari, Mercedes e Williams por exemplo, anteciparam as mudanças em seus carros já no GP da Rússia, e tentarão aperfeiçoar essas mudanças neste final de semana, em um traçado muito conhecido entre as equipes. Outras equipes podem apresentar boa evolução a partir das mudanças previstas para este final de semana. Merecem uma atenção em especial, as performances de carros como Force India e a Renault, que prometem um salto de qualidade já neste final de semana, com foco em vagas no Q3. Por fim, outra equipe que promete uma boa performance, e que já vem apresentando bons resultados, é a Red Bull.

renault_russia

Corridas na Espanha registram cinco vitorias de brasileiros, mas apenas uma em Barcelona

Ao longo de sua historia o Grande Premio da Espanha teve outras sedes, como os circuitos de Jerez de La Frontera, Jarama e Montjuic. Ao todo, se contar todas as edições de corridas da Fórmula 1 em solo espanhol, o Brasil soma cinco vitorias, duas com Emerson Fittipaldi, em 1972 em Jarama, e no ano seguinte em 1973, Emmo venceu novamente na Espanha, mas desta vez no circuito de Montjuic.

emmo_spain

Anos mais tarde Jerez de La Frontera acabou sendo a sede oficial do GP espanhol, onde coube a Ayrton Senna escrever seu nome na galeria de vencedores na Espanha. Vencendo nos anos de 1986, em uma corrida que ficou marcada como a chegada mais apertada na historia da Fórmula 1, quando Senna superou Nigel Mansell por apenas 0.014 milésimos de segundo, em uma intensa batalha entre o brasileiro que na ocasião guiava pela equipe Lotus, contra o britânico que guiava pela Williams.

senna_mansell_spain

Depois da vitoria em 1986, Senna repetiu o feito em solo espanhol, ao vencer novamente em Jerez, mas em 1989, já guiando pela McLaren, em um ano em que perdera o titulo daquela temporada, ao final do ano para Alain Prost.

Fórmula 1 em Barcelona registra apenas uma vitoria brasileira

No calendário da Fórmula 1 desde 1991, ano da sua primeira corrida, o circuito catalão registrou um belo duelo ‘roda com roda’ novamente entre Nigel Mansell e Ayrton Senna. Na ocasião, diferente de 1986, quem levou a melhor foi o piloto britânico sobre Senna, que venceu a corrida de estreia no circuito de Barcelona. Ao longo de 25 anos de GP da Espanha, o circuito de Montmeló, hoje batizado de Barcelona-Catalunya, registra apenas uma vitória brasileira em sua historia. Coube a Felipe Massa em 2007, ano em que disputou até a ultima etapa da temporada o titulo contra Lewis Hamilton, escrever o nome do automobilismo brasileiro na galeria de vencedores na história do GP da Espanha. De lá para cá, uma peculiaridade tem marcado as corridas na Espanha, onde nos últimos nove anos, a corrida teve nove vencedores diferentes, fato raro na Fórmula 1 atual, onde temos uma equipe dominante.

massa_spain_2007

GP da Espanha mostra dez vencedores diferentes nos últimos dez anos

Diferente de vários circuitos ao longo do calendário da Fórmula 1, um fato inusitado, faz do Grande Premio da Espanha até o momento ser a corrida mais imprevisível da temporada, quando o assunto são os vencedores da prova. Ao contrário de muitos locais por onde F1 passa, onde invariavelmente um piloto se destaca por ser um dos recordistas de vitórias em um determinado circuito, o GP em Barcelona registra nas últimas dez edições em que a corrida foi disputada, nada menos do que dez vencedores diferentes. A conta começou em 2007 quando Felipe Massa, na ocasião guiando pela Ferrari, colocou o Brasil no ponto mais alto do pódio. Nomes como Sebastian Vettel, Fernando Alonso, Lewis Hamilton, Jenson Button, Nico Rosberg e até Pastor Maldonado, naquela que foi a sua primeira e única vitória na Fórmula 1, em 2012 com a Williams, escreveram seu nome na galeria dos vencedores do Grande Premio da Espanha.

maldonado_spain

GP da Espanha em horário tradicional para o publico brasileiro

Quinta etapa da temporada, o Grande Premio da Espanha acontece neste domingo no horário tradicional para o publico brasileiro. Com largada marcada para as 9h pelo horário de Brasília, a corrida terá 66 voltas nos 4.655km do circuito de Barcelona-Catalunya. Antes disso, no sábado acontece o treino classificatório que define as posições de largada no mesmo horário.  Ao longo do final de semana o ‘Volta Final’ vai acompanhar o que de melhor acontecer na quinta etapa da temporada o mundial de Fórmula 1.

barcelona_largada

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *