Hamilton domina Vettel e vence fácil na China. Em dia ruim, Massa é o 14º

Para os amantes da maior categoria do automobilismo valeu a pena dormir mais tarde ou acordar mais cedo. Tudo porque em uma corrida repleta de alternativas, começando com pista molhada, o que quebrou a cabeça de equipes e pilotos para pensar na melhor estratégia por conta das condições climáticas, teve em Lewis Hamilton o ‘cara’ do domingo, que superou Sebastian Vettel e venceu o Grande Premio da China.

Largada com pista molhada, mas sem incidentes na primeira curva

Diferente dos últimos anos na Fórmula 1, quando os pilotos em condições de chuva eram obrigados a largar com a presença do Safety Car alegando condições de segurança, a ‘nova’ F1 em 2017, resolveu retornar as origens e retirou o carro de segurança das largas com pista molhada. Com isso, os pilotos tiveram de desdobrar para não perder posições e evitar acidentes na primeira curva neste domingo em Xangai. Melhor para Hamilton, que vindo da pole position, não teve dificuldades para se manter a frente. Vettel por sua vez, por pouco não foi superado por Valteri Bottas. Quem não teve sorte na primeira volta, foi o novato Lance Stroll, que acabou se envolvendo em um acidente com a Force India de Sergio Pérez, e foi parar na caixa de brita, e teve de abandonar a prova. O incidente causou o acionamento do Safety Car Virtual, e assim, alguns pilotos já aproveitaram para ir aos boxes, onde a maioria resolveu arriscar e trocar a estratégia de corrida, com alguns pilotos já optando por pneus para pista seca.

largada_china

Troca de estratégia ‘joga’ Max Verstappen para frente do grid

Quem se beneficiou com as alternâncias de posição nas primeiras voltas foi o holandês Max Verstappen da Red Bull. O garoto prodígio que saiu das ultimas posições do grid, em uma escalada espetacular, realizou nada menos que do que nove ultrapassagens e já era o segundo colocado antes mesmo de fechar as primeiras cinco voltas de prova. A essa altura da prova, o Safety Car Virtual, que havia sido acionado por conta do acidente de Stroll, precisou do carro de segurança na pista, porque pelo segundo dia consecutivo o italiano da Sauber, Antonio Giovinazzi ‘beijou’ o muro da reta principal do traçado de Xangai, assim teve de abandonar a prova.

max_china

Re-largada tem Red Bull indo para cima da Ferrari

A re-largada na volta oito, marcou o bom desempenho dos carros da Red Bull de Daniel Ricciardo e Max Verstappen, que foram com tudo para cima dos carros da Ferrari. Quem se deu mal, antes mesmo de ser acionada a bandeira verde, foi o finlandês Valteri Bottas que rodou sozinho, e assim despencou para o fundo do pelotão.

red_bull_china

Vettel protagoniza boas ultrapassagens e retoma segunda posição

Quem sofreu muito no inicio da corrida foi Sebastian Vettel. Após perder a segunda posição nas primeiras voltas da corrida, o alemão da Ferrari chegou a estar na quinta posição, atrás dos dois carros da RBR e do seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen. Após optar pelos compostos macios, que acabou ‘casando’ bem com o carro da Ferrari, Vettel tratou de ir para cima dos rivais, com ultrapassagens sensacionais. Destaque para a manobra sobre Daniel Ricciardo na volta 22, quando Vettel fez uma linda manobra por fora e ganhando a terceira posição.

vettel_china

Diferente da Austrália, GP da China é repleto de ultrapassagens

Ao contrario do que aconteceu em Melbourne, o GP em Xangai, foi repleto de manobras de ultrapassagens. Com duas longas retas, o traçado chinês protagonizou belos duelos entre os pilotos ao longo das 56 voltas da corrida. A mais bonita de todas, foi na 22ª quando Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo chegaram a tocar roda, e no fim, melhor para Vettel, que assumiu a terceira posição naquele momento.

ultrapassagem_china

Felipe Massa tem domingo para esquecer

Em uma corrida sofrível, Felipe Massa não foi nem de longe aquele piloto que fez um bom treino classificatório no sábado. Largando na sexta posição do grid, Felipe teve inúmeras dificuldades com o carro ao longo da prova, sendo presa fácil para os rivais. Ao final, Massa terminou um domingo difícil com um melancólico 14º lugar.

massa_china

Destaque da corrida vai para Max Verstappen

Largando da 16ª posição, após problemas no treino classificatório de sábado, o garoto prodígio da Fórmula 1, deu mais show na categoria neste domingo em Xangai. Com uma serie de ultrapassagens nas primeiras voltas, antes da 10ª volta o holandês já estava na segunda posição, a pouco mais de 2s atrás de Hamilton. Ainda assim, com uma estratégia ousada, que contemplava o uso de pneus supermacios, quando a pista ofereceu uma aderência maior, Max acelerou tudo, e no final ainda teve de se desdobrar para conter as investidas de Daniel Ricciardo nas ultimas três voltas da corrida, protagonizando um belo duelo entre os companheiros de equipe. Por fim, o pódio em Xangai, acabou sendo um premio e tanto, para um piloto que tem sido apontado como um futuro campeão dentro da categoria.

max_china1

Hamilton domina Vettel e vence fácil na China

Em um domingo em que tudo funcionou perfeitamente para o britânico, Hamilton largou na frente e em nenhum momento sofreu alguma ameaça real a liderança na prova. Liderando de ponta a ponta, Hamilton escolheu a hora certa para fazer a primeira troca de pneus, tão longo o Safety Car Virtual foi acionado, e mesmo assim se manteve na liderança. De resto, Lewis teve apenas que forçar o ritmo poucas vezes durante a prova. Junto com Lewis, Sebastian Vettel terminou a corrida na segunda posição, após se recuperar dentro da corrida com boas manobras de ultrapassagem sobre Raikkonen, Ricciardo e Verstappen, dando mostras de que a principio será o rival de Hamilton ao longo da temporada, dado o crescimento da Ferrari. Com a vitoria de hoje, Lewis Hamilton chega ao seu 54º triunfo na sua carreira, e junto com o francês Alain Prost é o segundo piloto com mais pódios na categoria, com o de hoje em Xangai, Hamilton alcançou a marca de 106 pódios na carreira.

vettel_hamilton

A Fórmula 1, que já faz as malas e segue para o Bahrein, onde no próximo final de semana, equipes e pilotos retornam a pista para o Grande Premio do Bahrein, no Circuito de Sakhir. A largada para a terceira etapa da temporada está marcada para o 12h pelo horário de Brasília.

podio_china

Confira abaixo o resultado final do GP da China:

resultado-final-gp-da-china

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *