Última corrida do ano, GP de Abu Dhabi decide o título da temporada neste final de semana

A temporada mais longa da historia da Fórmula 1, chega neste final de semana ao seu capítulo final. Em clima de decisão, Nico Rosberg e Lewis Hamilton decidem o titulo da temporada neste final de semana, com vantagem para o piloto alemão da Mercedes, que pode sair do circuito Yas Marina com o primeiro título da carreira. Do outro lado, Lewis Hamilton por sua vez sonha em conquistar o quarto título da carreira, igualando o feito de Sebastian Vettel. Num duelo entre os carros da Mercedes que promete fechar a temporada com chave de ouro.

Nico Rosberg pode conquistar o primeiro título da carreira e igualar feito de seu pai

Todos os holofotes neste final de semana estarão apontados para o piloto alemão Nico Rosberg. Com uma vantagem de 12 pontos sobre Hamilton, Nico chega a Abu Dhabi em uma posição confortável para conquistar o primeiro titulo de sua carreira, após dois vice-campeonatos consecutivos para Hamilton. Para isto acontecer, Rosberg precisa estar no pódio neste domingo caso Hamilton vença a prova. Essa combinação de resultado dará o título a Rosberg. Com nove vitórias no ano, Nico, que se conquistar o primeiro título da carreira igualará o feito de seu pai, o sueco Keke Rosberg, campeão mundial em 1982, e que corria com a bandeira finlandesa na ocasião.

nico_brasil

Hamilton foca na vitória e torce por azar de Rosberg para lutar pelo tetracampeonato

Quem entra como franco atirador neste final de semana e ainda sonhando com o tetracampeonato é o britânico Lewis Hamilton. Sem depender apenas das suas forças, Hamilton correrá focado em vencer a prova torcendo por um insucesso de seu maior rival na luta pelo título, Nico Rosberg. Para sair de Abu Dhabi campeão, Hamilton precisa vencer a prova e torce para Nico Rosberg não esteja no pódio para poder comemorar o quarto título da sua carreira.

hamilton_brasil2

Red Bull e Ferrari podem definir o campeão da temporada

Com o papel de desafiante da Mercedes ao longo da temporada, Red Bull e Ferrari, podem definir o campeão em um eventual resultado final da corrida. Em um exercício rápido acerca de hipóteses ao longo da corrida, as duas escuderias podem atrapalhar os planos tanto de Rosberg quanto de Hamilton, caso consigam andar próximo das flechas de prata. Para isso, o treino classificatório será fundamental para as Mercedes a fim de não precisar lutar contra RBR e Ferrari na largada, deixando apenas um duelo direto entre os pilotos da Mercedes.

verstappen-brasil

Final de semana marca despedidas de Jenson Button e Felipe Massa

O final de semana em Abu Dhabi também marca a despedida de dois pilotos que deixam a maior categoria do automobilismo mundial na próxima temporada. Jenson Button e Felipe Massa anunciaram ao longo do ano que deixam a F-1 no fim do ano, se despedem neste domingo. Campeão mundial de 2009, o britânico inicialmente informou fará de 2017 um ano sabatico, terá a possibilidade de retornar a McLaren em 2018, uma vez que terá contrato vigente com a escuderia britânica. Felipe Massa por sua vez, optou por deixar a Williams e a F1, ainda não definiu seu futuro no automobilismo. O que se sabe é que em um primeiro momento, Massa não pretende retornar ao Brasil, uma vez que reside na Europa, e ainda pretende seguir correndo no continente europeu, deixando em aberto seu futuro entre três categorias, o Mundial de Endurance a WEC, a Fórmula-E, uma nova categoria gerenciada pela FIA que conta com carros elétricos, e por ultimo o Campeonato de Turismo alemão, a DTM, também é outra opção de futuro para Felipe Massa.

felipe_brasil

Felipe Nasr ainda não definiu seu futuro e corre risco de ficar fora da F-1 em 2017

Lutando para se manter na Fórmula 1 em 2017, Felipe Nasr ainda busca uma renovação com a Sauber para seguir correndo na próxima temporada. Com o mercado de pilotos cada vez mais se fechando, Nasr vê as possibilidades de seguir na F1 cada vez menores. Para piorar a situação do piloto brasileiro, o patrocinador de Felipe já anunciou o corte de patrocínio para Nasr o que acaba sendo um elemento complicador para a permanência de Nasr dentro da Sauber que sofre com problemas financeiros.

nasr_brasil3

GP de Abu Dhabi marca o fechamento da temporada em um cenário deslumbrante

Diferente da maioria dos circuitos por onde a Fórmula 1 passa ao longo do ano, a corrida em Abu Dhabi, é realizada em um cenário onde o luxo é a sua peculiaridade mais evidente. Em uma marina artificial construída em pleno deserto Árabe, o grande atrativo da corrida no circuito de Yas Marina é que ela começa ao final da tarde local, para a mesma ser concluída no inicio da noite.  Ainda entre as peculiaridades do circuito, o traçado passa por baixo de um dos hotéis mais luxuosos do mundo. O hotel Yas Viceroy, foi desenhado e concebido pelas arquitetas de referência de Nova Iorque Hani Rashid e Lise Anne Couture. Também dentro do complexo aonde se encontra o circuito Árabe, para aqueles que buscam entretenimento, está instalado o Ferrari World, que nada mais é um parque temático da tradicional escuderia italiana, que dentre muitas atrações, está à montanha russa mais rápida do mundo, que chega a atingir os 200 km por hora.

Sebastian Vettel é o piloto com maior numero de vitorias em Abu Dhabi

Dentro do calendário da Fórmula 1 desde 2010, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel é o piloto com mais vitórias em Abu Dhabi. Com três triunfos, o alemão pode ser igualado por Lewis Hamilton caso o britânico vença no domingo. Hamilton que tem duas vitorias no traçado árabe, a corrida ainda registra uma vitória de Kimi Raikkonen completando o grupo de pilotos que já subiram no lugar mais alto do pódio na corrida local.

vettel_abu_dhabi2

Corrida que encerra a temporada será no final da manhã para os brasileiros

Um pouco diferente do horário tradicional para nós brasileiros, o GP de Abu Dhabi neste domingo permitirá para os fãs brasileiros poder alongar o sono matinal dominical. Tudo porque a largada para as 55 voltas nos 5.554km do Circuito de Yas Marina está marcada para as 11h pelo horário brasileiro de verão, a corrida marca o encerramento da temporada mais longa na história da Fórmula 1. E ao longo do final de semana o Volta Final vai acompanhar a corrida que define o campeão da temporada.

abu_dhabi_largada

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *