Hamilton vence no México e decisão do título pode acontecer no Brasil. Massa é 9º e Nasr 15º

O jeito é seguir lutando. Sem depender apenas das vitórias nas últimas corridas da temporada para sonhar com o tetracampeonato mundial, Lewis Hamilton fez a sua parte na tarde deste domingo, e com uma corrida sem sustos, venceu o Grande Prêmio do México no autódromo Hermanos Rodríguez. Mesmo assim, seu rival na luta pelo título, o alemão Nico Rosberg, completou a dobradinha da Mercedes na segunda posição, e com o resultado o título para Rosberg pode acontecer no Grande Prêmio do Brasil.

Largada limpa tem incidente na primeira curva

Com a missão de defender a vantagem de largar na frente, o britânico Lewis Hamilton não deu chances para qualquer investida de Nico Rosberg na tentativa de tomar a ponta da corrida. Com uma largada segura, Hamilton pulou na frente, e teve apenas o cuidado para contornar a primeira curva a frente de Rosberg. O britânico que conseguiu fazer a defesa da sua posição, acabou saindo da pista na primeira curva, mas sem prejuízos. Rosberg por sua vez, teve trabalho para se manter à frente de Max Verstappen, que tentou de todas as formas tomar a segunda posição de Nico, mas sem sucesso. Mais atrás, no fundo do pelotão, um acidente envolvendo Pascal Wehrlein da Manor e o sueco Marcus Ericsson da Sauber, acabou por tirar Wehrlein da corrida. O incidente acabou acionando o Safety Car Virtual para a retirada de detritos na pista, ao mesmo tempo, alguns carros aproveitaram para mudar a estratégia de corrida, com alguns deles indo aos boxes.

largada_mexico1

Corrida reinicia na terceira volta com Hamilton disparando na ponta

Sem dar chances a Rosberg, Hamilton tratou logo de abrir vantagem tão logo a corrida foi recomeçada na terceira volta. Com isso, Rosberg se viu como alvo da Red Bull de Max Verstappen, um dos mais rápidos da pista até então. A pressão de Verstappen não surtiu efeito, uma vez que o jovem holandês não chegou em nenhum momento em condições de ultrapassagem.

hamilton_mexico

Rodada de pit stops começa na 12ª volta da corrida

Temendo um desgaste intenso dos pneus, a primeira rodada de boxes começou na 12ª volta da prova com os carros da Renault inaugurando os pits. Cinco voltas depois, os ponteiros da corrida foram aos pits, com Hamilton sendo o primeiro a ir aos boxes, deixando a ponta para Rosberg, que foi aos boxes na volta seguinte, assim como Max Verstappen. Neste momento a liderança da prova, caiu nas mãos de Sebastian Vettel, que arriscou uma estratégia de corrida diferente dos demais ponteiros da prova, assim seguiu na liderança da corrida.

renault_box

Felipe Massa é destaque na defesa de posições na corrida

Um dos destaques da corrida, em especial na defesa de posições ao longo da prova, foi para o brasileiro Felipe Massa. Após fazer uma boa largada, Massa deu trabalho aos rivais mostrando toda a sua habilidade em defender as posições quando atacado. Primeiro foi um belo duelo contra Sebastian Vettel, pela sexta posição, ainda nas voltas iniciais. Vettel por um momento demonstrou irritação no rádio, uma vez que não conseguira superar Felipe na pista, e teve de esperar o brasileiro ir aos boxes para ganhar a posição na pista. Em seguida, foi a vez do mexicano Sérgio Pérez sofrer para tentar superar o brasileiro na pista, onde o mexicano em uma das tentativas de ultrapassagem chegou a escapar da pista. Por fim, Massa acabou se contentando com a nona posição na corrida, em mais um final de semana de atuação discreta da Williams.

massa_mexico1

Felipe Nasr tenta estratégia diferente, mas não passa da 15ª posição

Sofrendo com as dificuldades de performance da Sauber, Felipe Nasr bem que tentou fazer uma corrida com uma estratégia diferente da maioria dos pilotos do grid. Largando com pneus médios, Nasr andou mais de 50 voltas com o composto, mas sem ser combativo a ponto de lutar por mais posições ao longo da corrida. Ao final, sobrou apenas a 15ª posição para o piloto brasiliense, em mais um final de semana para esquecer.

nasr_mexico

Segundo lugar para Rosberg adia decisão do título, mas situação se mostra mais confortável

Mesmo com a segunda posição na corrida, Nico Rosberg segue em situação confortável para conquistar seu primeiro título na carreira. Tudo porque diferente de Hamilton, Nico não precisa mais vencer na temporada para ser campeão. Ao mesmo tempo, com uma vitória no GP do Brasil, Nico liquida o campeonato com uma prova de antecipação. Desta forma, o alemão correu apenas para completar a dobradinha da Mercedes, sem entrar em nenhum ataque direto contra algum rival durante a prova. A partir de agora, para Rosberg, talvez nem mesmo Hamilton seja o grande rival para confirmar o título. Nas últimas duas corridas do ano, Nico deverá ter um cuidado maior com os carros da Red Bull, do que com o próprio Hamilton.

rosberg_mexico

Disputa entre Ferrari e Red Bull agita o final da prova

Se a corrida para alguns acabou sendo até por alguns momentos um tanto monótona e com poucas disputas entre os pilotos, as voltas finais reservaram uma bela disputa entre os carros de Ferrari e Red Bull pelo pódio. A pouco mais de cinco voltas para o fim a disputa entre Max Verstappen e Sebastian Vettel, chamou a atenção com a facilidade em que Vettel se aproximou de Max, dados os pneus mais novos na Ferrari de Vettel.  Com isso, uma disputa intensa pelo pódio se formou, com a aproximação de Daniel Ricciardo, que vinha logo atrás de Max e Vettel. A quatro voltas do fim, uma manobra controversa no final da reta dos boxes desencadeou numa série de reclamações de Vettel no rádio com a equipe, com a escapada de pista de Max, que o manteve na terceira posição, onde ele teria de ceder a posição para Vettel por ‘levar vantagem’ com a manobra. Nisso, Vettel viu a aproximação de Ricciardo que partiu para cima do tetracampeão faltando duas voltas para o fim, onde Ricciardo e Vettel protagonizaram um duelo emocionante e que por muito pouco não tirou ambos da corrida com um toque. Ao final, com Max Verstappen cruzando a linha de chegada, Sebastian Vettel não poupou xingamentos no rádio e teve de ser acalmado pela equipe, naquele momento os comissários de prova decidiram investigar o incidente entre Vettel e Verstappen.

rbrferrari_mexico

Hamilton vence no México e decisão do título pode acontecer no Brasil

A corrida em si foi tranquila para o tricampeão mundial, que praticamente passeou pelo Autódromo Hermanos Rodríguez na tarde de domingo. Comboiado por Nico Rosberg, que em nenhum momento ameaçou Hamilton durante a prova, o britânico fez a ‘lição de casa’ e assim adiou a decisão do título para o Grande Prêmio do Brasil, onde uma vitória de Nico Rosberg dará o primeiro título da carreira do alemão. A vitória também teve um marco histórico, porque esta é a 51ª vitória na carreira de Hamilton, que assim se iguala ao francês Alain Prost, sendo Hamilton agora, o segundo piloto em número de vitórias na história da Fórmula 1 ao lado de Prost. Mas o fato que chamou a atenção, após a corrida, foi a definição do terceiro colocado da corrida. Ao chegar no pódio Max Verstappen que havia cruzado a linha de chegada na terceira posição, acabou punido por levar vantagem após disputar a primeira curva com Sebastian Vettel a quatro voltas do fim. Com a punição, Verstappen teve um acréscimo de 5s no seu tempo de corrida e assim acabou caindo para a 5ª posição na primeira atualização de resultado da corrida. Com isso, Sebastian Vettel foi chamado ao pódio na terceira posição da corrida.

ricciardo_mexico

Mas engana-se quem achou que estava tudo resolvido. Horas após a corrida, os comissários de prova, acabaram punindo Sebastian Vettel com a perda de 10s no seu tempo de corrida, por conta do duelo com Daniel Ricciardo a duas voltas do final da corrida. Os comissários entenderam que a manobra de Vettel ofereceu riscos e assim optaram por punir o tetracampeão mundial, o resultado acabou por dar terceira posição da corrida para Daniel Ricciardo, que após a decisão ainda recebeu o troféu de terceiro lugar da prova. Por fim, a Fórmula 1, agora tem uma parada de duas semanas e retorna no próximo dia 13 de novembro, com a 20ª etapa da temporada no Grande Prêmio do Brasil.

hamilton_mexico1

Confira abaixo o resultado final do GP do México:

resultado_final_mexico

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *