Em treino agitado pela chuva, Hamilton crava a pole na Áustria com Rosberg em 7º. Massa é o 10º e Nasr 22º

Quando o imponderável resolve aparecer, ele pode tanto ajudar como atrapalhar as pretensões de quem almeja um bom resultado, neste caso uma recuperação rápida. Em um treino marcado pela variação entre sol e chuva, Lewis Hamilton levou a melhor e vai largar na pole no Grande Premio da Áustria.

Q1 elimina seis carros com Felipe Nasr em ultimo

A primeira parte do treino que tem por objetivo eliminar o os seis carros mais lentos do grid, teve no seu destaque um acidente com a Toro Roso de Daniil Kvyat a dois minutos do final da sessão. Em uma batida forte na curva nove, o russo teve a suspensão traseira quebrada, perdendo o controle do carro, batendo na parte interna da curva. A sessão ficou interrompida por quase 15 minutos, para retirada do carro de Kvyat e limpeza da pista. Para completar no retorno das atividades, tão logo retornaram a pista, Carlos Sainz, companheiro de equipe de Kvyat, teve problemas no motor da sua STR, completando uma manhã de azar para equipe co-irmã da RBR. Na pista, destaque negativo para as equipes eliminadas, Renault, a Manor de Rio Haryanto, além dos dois carros da Sauber, com Felipe Nasr na ultima posição. O brasileiro que tem sofrido com as limitações do carro da Sauber, nada pode fazer para melhorar seu desempenho, e vai amargar o ultimo lugar no grid, podendo subir algumas posições por conta dos problemas nos carros da STR e da Force India de Sergio Perez que também teve problemas de quebra de suspensão, por conta da altura das zebras no traçado austríaco, algo que tem gerado inúmeras controvérsias ao longo do final de semana. Por fim, o destaque positivo da sessão ficou por conta de Pascal Wehrlein que colocou a Manor no Q2, com uma bela volta. Na frente, o domínio ficou por conta dos carros da Mercedes com Rosberg a frente.

Q2 tem ameaça de chuva e mais seis eliminados

O serviço meteorológico das equipes indicava que a chuva poderia dar as caras até o final do Q2. Com isso, equipes e pilotos se apressaram para ir a pista para aferir seus tempos de volta, e não correr riscos com a possibilidade iminente de pista molhada. Chuva que se confirmou faltando três minutos para o final, e que acabou prejudicando os carros da Haas de Grosjean e Gutierrez, a Manor de Pascal Werhlein e a McLaren de Fernando Alonso, que não conseguiram melhorar seus tempos. Vale lembrar que o Q2 contou com dois carros a menos, pois Sainz e Perez sofreram com problemas no Q1, mas como tinham tempo suficiente para seguir para o Q2, ficaram com seus lugares vagos na sessão. Na frente, foi a vez de Hamilton dominar as ações com o tempo de 1m06s228 garantindo a primeira posição, seguido por Rosberg e Vettel. Felipe Massa por sua vez ficou na oitava posição, e a surpresa positiva ficou por conta de Jenson Button que colocou a McLaren no Q3.

Hamilton supera Rosberg e fica com a pole para o GP da Áustria

Sob forte chuva, o Q3 começou com os pilotos indo a pista com pneus intermediários, com Vettel sendo o primeiro a marcar tempo de volta rápida, que tão logo foi superado por Hamilton e Daniel Ricciardo. Com o passar dos minutos na sessão, a chuva que se mostrou passageira, parou e a partir disso um ‘trilho’ de pista seca foi se formando no traçado austríaco. Com um a melhora constante nos tempos de volta, a menos de cinco minutos para o final do Q3, os pilotos optaram por colocar pneus para pista seca, onde a maioria dos carros optou pelo composto ultramacio. A partir disso, o que se viu foi uma alternância na primeira posição, com os tempos de volta despencando cada vez mais. Neste momento brilhou a estrela de Lewis Hamilton, que superou Nico Rosberg com o tempo de 1m07s922 e ficou com a pole position. Rosberg por sua vez, marcou o segundo melhor tempo, mas por conta da troca de componentes na sua Mercedes por causa de um acidente na ultima sessão de treinos livres, na manhã deste sábado na Áustria, perde cinco posições no grid de largada e vai largar em sétimo. O mesmo acontecerá com Sebastian Vettel, que com a troca do câmbio da Ferrari, larga em nono.

Com isso, Nico Hulkenberg e Jenson Button, duas surpresas positivas no treino classificatório, herdam a segunda e terceira posição, respectivamente, Felipe Massa por sua vez, não conseguiu melhorar seu tempo de volta, e largará na décima posição do grid. Esta é a 53ª pole position na carreira de Lewis Hamilton, que corre neste domingo para tentar a terceira vitoria no ano e de quebra tentar a recuperação no campeonato, contra o seu rival na temporada e companheiro de equipe Nico Rosberg. O Grande Premio da Áustria acontece neste domingo, e a largada para as 71 voltas nos 4.326km do Red Bull Ring, está marcada para as 9h pelo horário de Brasília.

Confira abaixo o grid completo para o GP da Áustria:

classificacao_austria

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *