‘QG’ das equipes nos testes de pré-temporada, circuito de Barcelona recebe GP da Espanha neste final de semana

No calendário da Fórmula 1 desde 1991, o já tradicional circuito de Barcelona funciona como uma espécie de quartel-general para a maioria das equipes antes mesmo de começar a temporada. Sede dos testes de pré-temporada, a Fórmula 1 chega neste final de semana para a quinta etapa da temporada no Grande Premio da Espanha, no circuito de Barcelona, em uma corrida que promete um equilíbrio entre os carros do grid, por se tratar de um traçado amplamente conhecido por equipes e pilotos.

Rosberg tenta a oitava vitória seguida

Com ampla vantagem no campeonato, o final de semana pode ser de afirmação para Nico Rosberg. Com 47 pontos de vantagem sobre Lewis Hamilton, Rosberg vive uma fase quem o torcedor mais otimista do piloto alemão poderia imaginar. Vencedor das ultimas sete corridas, incluindo as ultimas três provas de 2015, Nico já dá mostras que será um páreo duro para Lewis Hamilton que luta pelo tetracampeonato mundial e que ainda não venceu em 2016.

Hamilton precisa dar a resposta a Rosberg

Ninguém mais do que Lewis Hamilton precisa dar uma resposta rápida neste final de semana. Após ver o seu principal rival na luta pelo titulo, seu companheiro de equipe Nico Rosberg dominar as quatro primeiras corridas do ano, Hamilton tem sofrido com insucessos, tanto nos treinos, quanto nas largadas e ao longo das corridas, fato o que deixa 47 pontos atrás de Rosberg logo no inicio da temporada, algo que nem o torcedor mais otimista do piloto alemão poderia imaginar. Hamilton chega a Espanha pressionado por uma vitoria, sob pena de que se isso não ocorrer neste domingo, ele Hamilton pode ver Rosberg disparar de vez na luta pelo titulo.

Williams quer manter boa performance da Rússia

Mostrando boa evolução em seus carros, a Williams quer mostrar que a boa performance na Rússia não foi por acaso. Em um circuito em que a maioria dos carros do grid conhece, porque faz em Barcelona seus testes de pré-temporada, a Williams quer aliar o seu conhecimento da pista, com um bom resultado no domingo. Para isto acontecer, tanto Valteri Bottas, quanto Felipe Massa, sabem que terão muito trabalho ao longo do final de semana.

Final de semana com novidades no grid de largada

Um troca envolvendo pilotos de Red Bull e Toro Roso, agita o grid de largada neste final de semana em Barcelona.A troca se deu após uma decisão da Red Bull em oportunizar a Max Verstappen uma chance no lugar de Daniil Kvyat na RBR. Em contrapartida, Kvyat retorna ao cockpit da Toro Roso, equipe na qual o russo fez parte há duas temporadas atrás, até ser promovido para a Red Bull. Para a própria RBR, não se trata de uma ‘punição’ a Kvyat após dois incidentes com Sebastian Vettel, um na largada do GP da China e outro na primeira volta na corrida em Sochi. Para a alta cúpula da Red Bull, a troca serve para dar uma oportunidade para o promissor Verstappen, que para muitos naturalmente ocuparia o lugar de Kvyat, ao final da temporada.

GPs na Espanha registram cinco vitorias brasileiras, mas apenas uma em Barcelona

Ao longo de sua historia o Grande Premio da Espanha teve outras sedes, como os circuitos de Jerez de La Frontera, Jarama e Montjuic. Ao todo, se contar todas as edições de corridas da Fórmula 1 em solo espanhol, o Brasil soma cinco vitorias, duas com Emerson Fittipaldi, em 1972 em Jarama, e no ano seguinte em 1973, Emmo venceu novamente na Espanha, mas desta vez no circuito de Montjuic.

Anos mais tarde Jerez de La Frontera acabou sendo a sede oficial do GP espanhol, onde coube a Ayrton Senna escrever seu nome na galeria de vencedores na Espanha. Vencendo nos anos de 1986, em uma corrida que ficou marcada como a chegada mais apertada na historia da Fórmula 1, quando Senna superou Nigel Mansell por apenas 0.014 milésimos de segundo, em uma intensa batalha entre o brasileiro que na ocasião guiava pela equipe Lotus, contra o britânico que guiava pela Williams. As voltas finais daquela corrida histórica e a chegada, você vê logo a seguir:

Depois da vitoria em 1986, Senna repetiu o feito em solo espanhol, ao vencer novamente em Jerez, mas em 1989, já guiando pela McLaren, em um ano em que perdera o titulo daquela temporada, ao final do ano para Alain Prost.

Fórmula 1 em Barcelona registra apenas uma vitoria brasileira

No calendário da Fórmula 1 desde 1991, ano da sua primeira corrida, o circuito catalão registrou um belo duelo ‘roda com roda’ novamente entre Nigel Mansell e Ayrton Senna. Na ocasião, diferente de 1986, quem levou a melhor foi o piloto britânico sobre Senna, que venceu a corrida de estréia no circuito de Barcelona.

Ao longo de 25 anos de GP da Espanha, o circuito de Montmeló, hoje batizado de Barcelona-Catalunya, registra apenas uma vitória brasileira em sua historia. Coube a Felipe Massa em 2007, ano em que disputou até a ultima etapa da temporada o titulo contra Lewis Hamilton, escrever o nome do automobilismo brasileiro na galeria de vencedores na história do GP da Espanha. De lá para cá, uma peculiaridade tem marcado as corridas na Espanha, onde nos últimos nove anos, a corrida teve nove vencedores diferentes, fato raro na Fórmula 1 atual, onde temos uma equipe dominante.

GP da Espanha em horário tradicional para o publico brasileiro

Quinta etapa da temporada, o Grande Premio da Espanha acontece neste domingo no horário tradicional para o publico brasileiro. Com largada marcada para as 9h pelo horário de Brasília, a corrida terá 66 voltas nos 4.655km do circuito de Barcelona-Catalunya. Antes disso, no sábado acontece o treino classificatório que define as posições de largada no mesmo horário.  Ao longo do final de semana o ‘Volta Final’ vai acompanhar o que de melhor acontecer na quinta etapa da temporada o mundial de Fórmula 1.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *